Sabemos que quando o assunto é poupar dinheiro não se trata de uma tarefa fácil. Quem se interessa sobre o assunto sabe que um mecanismo saudável seria reservar 30% do salário para metas de curto e longo prazo.

Entretanto, muita gente simplesmente não consegue poupar dinheiro, por inúmeros motivos. Você está nessa situação? Saiba quais são as dificuldades na hora de poupar dinheiro e o que fazer para eliminá-las da sua vida.

Porque é difícil guardar dinheiro?

A importância de guardar uma porcentagem dos seus rendimentos mensalmente todos já sabem. Além de ser uma forma de estar preparado para os imprevistos que naturalmente surgem na nossa rotina, é dessa forma que você consegue conquistar objetivos maiores (como a entrada para um carro ou a viagem dos sonhos) e até garantir um desconto quando comprar à vista.

Mas você sabia que a maioria dos brasileiros tem dificuldades na hora de poupar dinheiro? E a explicação para isso vai muito além da falta de hábito.
Uma das explicações está relacionada ao nosso cérebro. Em pesquisa publicada pela Scientific American, nossa mente tem uma certa preferência por benefícios imediatos do que por conquistas de longo prazo. A dificuldade de visualizar que sua economia de hoje vai ser muito positiva para o futuro realmente existe, e nos faz preferir comprar alguma roupa, sapato ou celular, que nem sempre precisamos, simplesmente pela satisfação momentânea.

Além disso, a mesma pesquisa descobriu que a área do cérebro que avalia o presente é cerca de 10 vezes mais fraca que a parte dos impulsos. Assim, é muito mais “fácil” seguirmos impulsos do que avaliarmos com calma o que será melhor para nós mesmos no futuro. Tudo isso, combinado à falta de hábito de poupar dinheiro, faz com que somente 36% dos brasileiros consigam fazer algum tipo de aplicação, como a poupança ou outros tipos de investimentos mais rentáveis.

Também não podemos deixar de citar a situação econômica do país como uma das dificuldades na hora de poupar dinheiro. Esse cenário fez com que milhares de pessoas ficassem totalmente sem recursos para guardar e com muitas contas para pagar. Entretanto, muitas pessoas que tem uma renda fixa, da mesma forma, não conseguem economizar. E apesar de seu cérebro e os hábitos serem bons motivos, eles não justificam esse tipo de comportamento para sempre. Está na hora de mudar!

Quais são as dificuldades para poupar dinheiro e como eliminá-las

Quando falamos sobre economizar dinheiro, geralmente ouvimos de alguém um sonoro “mas eu não consigo”. Porém, todo tipo de atitude pode ser mudada – desde que você queira. Assim, para cada dificuldade de poupar dinheiro, você vai conferir uma sugestão de como deixar esse comportamento para trás de uma vez por todas!

Pensando à longo prazo

Pensar a longo prazo pode ser um desafio, e como já vimos anteriormente, um fator nada motivacional para nossa mente. O que pode te ajudar nesse momento é definir quais são os objetivos que você tem, tanto para curto, médio e longo prazo. Você quer comprar um carro daqui a um ano? Ou comprar um apartamento em cinco anos? Ou talvez umas férias em um país diferente em seis meses? Tanto faz qual é o seu desejo, desde que você os tenha e coloque prazos para realiza-los.

Essa técnica é útil porque te ajuda a calcular quanto é necessário poupar por mês para atingir o objetivo em determinado espaço de tempo. Além disso, cada vez que você estiver diante de uma vitrine, pode se lembrar da sua meta maior e se lembrar que é necessário fazer alguns cortes para alcançar o que deseja.

Reavaliando seus gastos

Você sabe que as lojas e restaurantes se valem de artifícios para vender mais, certo? Por exemplo, os centavos no menu de um restaurante geralmente são apresentados levemente menores que os números das dezenas, para que você não considere que essas moedinhas podem aumentar o preço. O mesmo se aplica a lojas. E claro, bancos, empresas de TV e celular, colocam pacotes “especiais” que custam menos de R$5 no mês – e que a maioria de nós nunca cancela, mas gera gastos.

Se nosso cérebro se engana nessas situações, o mesmo acontece para aquele cafezinho na padaria que custa só R$2,50, ou um lanche da tarde que é só R$5. O problema é quando o final do salário chega antes do final do mês e esses “é só” se transformam em parte dos seus gastos. A solução para esse caso é reavaliar quais são os seus gastos e se há algo que você pode cortar para economizar.

Criando o hábito

Muita gente garante que não guarda nenhum dinheiro porque simplesmente esquece disso. De fato, esse tipo de atitude tem relação direta com a falta de hábito. Se você não está acostumado a poupar, o desafio vai ser maior – e a chance de passar meses sem guardar nada, também.

E como se cria um hábito? Fazendo! E para isso você pode contar com lembretes no celular, conciliar o dia de salvar parte do dinheiro (na poupança ou em outro título de investimento) com o dia que você paga suas contas ou até programar uma aplicação mensal automática. Uma vez que você se acostumar com isso, vai passar a considerar o valor nas contas do seu orçamento.

Está preparado para poupar dinheiro?

Buscar informação é essencial para o começo de uma nova mentalidade. Assim, podemos entender quais são os gatilhos que nos motivam a ter determinado tipo de comportamento e mudar aquilo que não nos agrada. Lembre-se que, ao poupar dinheiro, além de conseguir ter uma vida financeira mais tranquila, você será capaz de realizar sonhos e estar preparado para os imprevistos da vida.

Seguindo essas dicas, não tem erro: a sua versão do futuro vai agradecer sua versão do passado por ter feito essa mudança!