Aprender com a experiência dos outros é sempre interessante. Por isso, conheça 6 conselhos sobre dinheiro dos casais idosos para os casais jovens.

Em um estudo americano de 2015, desenvolvido pela empresa Fidelity, casais idosos e aposentados foram questionados sobre seus melhores conselhos financeiros.

Esses conselhos são aquelas orientações que eles mesmos gostariam de ter ouvido quando mais jovens, e que podem mudar a vida financeira do casal.

Assim, se você está pensando em morar junto, preste atenção nessas orientações.

Afinal, o dinheiro também é parte importante do relacionamento.

Conselho 1: Guarde dinheiro para a aposentadoria o quanto antes

Para 57% dos casais idosos americanos, a dica principal é guardar dinheiro para a aposentadoria o quanto antes.

E ainda que as regras de aposentadoria sejam diferentes no Brasil e nos Estados Unidos, não é novidade que se aposentar por aqui não será tão simples.

Essa economia também costuma passar despercebida entre os jovens por parecer uma preocupação muito distante – mas isso precisa mudar.

Nesse caso, vale criar uma meta no app MeuCompromisso, dedicado à aposentadoria. Aos pouquinhos, você consegue juntar uma boa poupança para seu futuro.

Conselho 2: Tomem decisões financeiras juntos

Um dos conselhos sobre dinheiro é tomar decisões financeiras em conjunto.

Essa orientação foi dada por 41% dos casais idosos entrevistados e mostra ser uma parte importante do relacionamento.

Mas porque tomar decisões financeiras em conjunto é tão importante?

Primeiro, temos o fator econômico, em que ambos se conscientizam da situação financeira do casal.

Depois, esse tipo de conversa e decisão impacta diretamente na cumplicidade do casal.

Quando ambos se sentem incluídos em uma decisão, conseguem alinhar as expectativas e ter seus objetivos ouvidos.

Casais que tem objetivos em comum tem chances bem maiores de permanecerem juntos com o passar dos anos.

Conselho 3: Estabeleçam um orçamento e se mantenham nele

Ao tomar decisões financeiras juntas, é possível estabelecer um orçamento para cada meta.

Mas para 39% dos casais idosos, se manter no orçamento é tão importante quanto defini-lo.

Uma boa forma de fazer esse controle é colocar uma meta de valores para cada área da vida.

Se sair para jantar fora é algo importante para o casal, coloque um teto de gastos – e se mantenha nele!

O MeuCompromisso pode te ajudar nisso: ao criar limites de gastos é possível controlar, em tempo real, quanto você gastou e quanto ainda tem disponível.

Conselho 4: Tenha uma reserva de emergência

Você sabe o que é uma reserva de emergência?

Trata-se de um montante em dinheiro que você guarda para imprevistos do futuro.

A maioria dos economistas recomendam que os casais tenham 6 meses de seus gastos fixos em reserva de emergência.

Assim, caso um passe por desemprego ou uma doença, haverá uma fonte de renda disponível.

Ter esse dinheiro guardado é um dos conselhos sobre dinheiros dos casais idosos, mais precisamente 38% deles.

No Brasil, a reserva de emergência ainda é algo incomum.

De acordo com pesquisa de 2020 do PoderData, 68% dos brasileiros não guardam dinheiro – 55% não teriam R$200 disponível.

Conselho 5: Não escondam gastos um do outro

Para 26% dos casais idosos pesquisados, um dos conselhos sobre dinheiro que você deveria seguir é:

Não esconder os gastos do seu parceiro.

Para muitos casais jovens, não existe uma comunicação clara sobre os gastos realizados. Na verdade, muitas pessoas escondem de seus parceiros aquilo que compraram.

O problema é que esse tipo de atitude, conhecida como infidelidade financeira, é responsável por 16% dos divórcios (nos Estados Unidos).

Um problema que poderia ser evitado com uma boa conversa.

No MeuCompromisso, é possível ligar as contas do casal, para que ambos vejam a mesma tela de gastos.

E para evitar discussões, existe a ferramenta chat de transações.

Ali, o casal consegue comentar sobre uma compra em um ambiente neutro.

Conselho 6: Falem sobre o dinheiro o quanto antes

No Brasil, falar sobre dinheiro não é algo tão fácil.

Há uma resistência social quanto ao tema, o que faz com que casais falem sobre dinheiro somente após o casamento.

Para 24% dos casais idosos que deram conselhos sobre dinheiro, essa atitude precisa ser evitada.

O ideal é falar sobre o dinheiro o quanto antes.

Quando você sentir que a relação está ficando mais séria, a dica é propor uma conversa franca e aberta.

Nessa conversa, os dois vão expor o quanto ganham, o quanto tem guardado e o quanto estão devendo.

Com essas informações, elaborar uma estratégia financeira é bem mais fácil.

É um primeiro passo para desenvolver a confiança financeira entre o casal, essencial para o sucesso da relação.

Conselhos sobre dinheiro que funcionam

Buscar inspiração em quem tem mais experiência é sempre uma ótima forma de direcionar a sua própria vida.

E isso se aplica quando falamos sobre dinheiro e relacionamento.

Com tantos bons conselhos sobre dinheiro, cabe ao casal sentar-se e conversar sobre como serão os próximos passos.

Vale até a marcar um compromisso na agenda: uma vez por mês, esse tipo de conversa vai acontecer.

E por mais que no começo seja um pouco complicado, saiba que essa discussão vai fazer o seu relacionamento mais saudável e ainda mais duradouro.